CONTOS EXEMPLARES DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN PDF

Narrador: Era uma vez uma casa pintada de amarelo com um jardim volta. No jardim havia tlias, btulas, um cedro muito antigo, uma cerejeira e dois pltanos. Era debaixo do cedro que Joana brincava. Entra Joana e fica a brincar debaixo da rvore Com musgo e ervas e paus fazia muitas casas pequenas encostadas ao grande tronco escuro. Depois imaginava os anezinhos que, se existissem, poderiam morar naquelas casas. E fazia uma casa maior e mais complicada para o rei dos anes.

Author:Yokree Daimi
Country:Comoros
Language:English (Spanish)
Genre:Relationship
Published (Last):10 July 2018
Pages:486
PDF File Size:18.61 Mb
ePub File Size:17.18 Mb
ISBN:505-7-34081-503-7
Downloads:71083
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Taubei



Nas vertentes cavadas em socalco crescia a vinha. Era ali a terra pobre donde nasce o bom vinho. E dizia-se que o vinho daquelas encostas, como um bom poema, nunca envelhecia. Mas agora era Inverno, um duro Inverno desolado e frio, e o vento desfazia o fumo azul que subia das pequenas casas pobres. Os caminhos estavam cobertos de lama. O Dono da Casa tinha um pedido a fazer ao Bispo. Fora mesmo por isso que o convidara para jantar.

Esta semente de guerra era o padre novo. Os problemas morais pertencem-lhe. Crescia de dia para dia. O Dono da Casa estava velho e habituado a mandar e a possuir. Por isso convidara o Bispo para jantar. O Padre de Varzim vivia pobremente e castamente. Ele dava. Outros por ele tinham lutado e vencido. Ele rejeitara o seu lugar entre os ricos e tomara o seu lugar entre os pobres.

Porque ele costumava citar: "Todo o poder vem de Deus". Ou pelo menos Monsenhor. Dava mesmo o leite da sua cabra. Dava tudo. Isto desafiava o uso, o costume. Mas o pior de tudo era a missa de domingo. Agora o padre novo falava da caridade. Tudo isto perturbava e incomodava o Dono da Casa. Tinha um banco especial na igreja e nunca chegava atrasado. A mesa dos pobres era uma mesa especial. Mas apesar de tudo era um bom lugar. Um estranho novo-riquismo invadia devagar a antiga, simples e austera nobreza.

Cortinas complicadas injuriavam o brilho frio do azulejo e a casta cal das paredes. E sobretudo - ai! Ali estavam quase todos em seus sombrios retratos, ao lado do Dono da Casa que nunca perdera nada. Que desencontro os dominava? Mas em toda a sua vida nada fizera. Quanto ao primo Pedro, nem tinha casado. Mas apesar de tudo isto o Dono da Casa fazia grande gosto nesse parentesco que provava a sua boa genealogia.

Isto levava o Dono da Casa a suspeitar que ele fosse comunista. Gente que era a sua base e cujo voto nunca lhe faltava. Entretanto, no seu carro, o Bispo vinha a caminho. Era uma noite totalmente escura. De facto, o Bispo tinha um pedido a fazer ao Dono da Casa.

Fora mesmo por isso que aceitara aquele convite. Fora assim que o Bispo se resolvera dirigir-se ao Dono da Casa para lhe pedir os cem contos que faltavam para arranjar o tecto. Mas era duro para ele ter de pedir tanto dinheiro. Mas quem pode confiar na generosidade dum homem virtuoso? Talvez a vaidade do Dono da Casa valesse ao tecto da igreja. O Bispo estava velho e cansado do mundo. Um criado desceu com um guarda-chuva. Interromperam-se as conversas e levantaram-se os convidados para virem falar ao Bispo.

O desconhecido disse o seu nome. Um nome que foi ouvido com prazer. O Dono da Casa deu imediatamente ordens para remediar o desastre. O novo convidado agradou logo a toda a gente. Era um homem moreno, alto, mais depressa magro do que gordo. Ele reparara que a sombra daquele homem era enorme e enchia os tectos, gesticulando como um grande polvo. Riu e perguntou: - Quantos anos tens? Quando cresceres talvez sejas meu amigo. O homem deste tempo quer que o reino de Deus seja deste mundo.

JAPAN SHINKANSEN TIMETABLE PDF

Contos Exemplares

.

DEFINICION DE OLIGOFRENIA PDF

Contos Exemplares (eBook)

.

DATASHEET 93C46 PDF

Homero, de Sophia de Mello Breyner Andresen, in Contos Exemplares (texto incompleto)

.

Related Articles